Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Esquema com o primo

Boa noite, como eu contei para vocês no conto anterior (Confraternização de Fim de ano com o primo), ficamos de marcar um esquema, pois naquele dia ele havia dito que queria muito comer o meu cuzinho. E também não parou por ai não, ao longo dos dias nós nos falamos no meio da madrugada, nos excitando e batendo punhetas pensando um no outro.
Até que em um domingo mandando mensagens, ele me manda de que se eu estaria afim de sair na madrugada para uma foda, fiquei com receio pois meus pais poderiam acordar e ver que eu não estava no quarto e ainda mais em pleno domingo, não tinha muitas desculpas em mente, mas por fim aceitei, já não estava mais aguentando e estava querendo sentir o pau dele no meu rabo.
Sai sem fazer barulho de casa e estava ele de moto esperando do outro lado da rua, já montei na moto bem colado a ele, como ambos somos super discretos e também não afeminados, então não poderíamos entrar em um motel, como faço também com as mulheres.
Ele ficou sem saber também, até que ele falou que já que não poderíamos ir no motel, podíamos ir atrás dele. E foi o que fizemos, fomos atrás do motel e paramos a moto em uma estradinha de terra deserta praticamente (até porque era 02:00 da madrugada), descemos da moto e então começamos a nos acariciar e posso dizer que era o que eu sempre desejava (transar e ser acariciado pelo meu primo gostosão).
Enfim, começamos a nos acariciar e eu a sentir cada parte do corpo dele, e ele passando a mão no meu corpo também, foi quando eu coloquei a mão em seu pau e vi que já estava super duro, pois bem, não queria apenas ter uma foda rápida, eu queria aproveitar cada segundo que podia, então pedi a ele que nos beijássemos, no começo ele estava arredio, mas eu então apertei um pouco o seu pau e ele me agarrou com tudo e então nos beijamos.
Não quero me gabar não, mas aquele foi um dos melhores beijos que tive ahahaha, ele me beijava de um jeito que me deixou fraco das pernas, aquela boca macia, gostosa de se beijar, contente com isso dei a sua recompensa e abaixei suas calças e comecei a chupar seu pau, deixei ele bem molhadinho e comecei a perceber aquele liquido transparente saindo de seu pau (isso me deixa com mais tesão) e então fui subindo novamente, me espantei pois ele mesmo me pediu para eu lamber e morder de leve os seus mamilos.
E então ficamos nessa louca, até que nos beijamos de novo e ele foi para o meu ouvido e disse:
- E aí, eu quero te comer agora, já to com muito tesão.
Não é que não queria, mas queria ouvir ele falando mais coisas no meu ouvido, ahahaha.
- Vai deixa, eu quero te comer todinho e depois você pode até tomar a minha porra toda.
Sinceramente, ele falando daquele jeito no meu ouvido e ainda dando alguns gemidos, não resisti e logo abaixei meu short para que ele possa analisar o material. Passado uns 2 minutos de que ele estava me alisando, ele pediu para que eu apoiasse na moto, pois ele queria lubrificar todo o meu cuzinho com saliva para não me machucar, pois a pica dele era selvagem (e realmente era grandinha sim, meu rabinho que diga), feito isso ele pegou e enfiou a pica dele todinha devagar, mas foi tudo.
Ambos dando gemidos de prazer, e após dar uma aliviada na dor ele começou a acelerar e meter mais e mais, mesmo estando com todo o seu pau enfiado no meu cuzinho, ele estava querendo mais e mais e socava com força e eu também estava muito louco de tesão, até que ele parou um pouco com o seu pau enterrado na minha bunda e começou a me beijar de novo... Posso dizer para vocês que beijar ele foi bom, mas beijar ele com o pau dele enterrado no rabo foi muito melhor.
Ele deu mais algumas bombadas, até que ele tirou o pau pra fora e pediu para eu chupar mais uma vez, pois estava próximo de gozar. E assim eu fiz, chupei, lambi, dei algumas mordidinhas de arrancar mais gemidos, até que ele começou a gemer mais alto e eu com a boca toda no pau dele, ele gozou... Uns 5 jatos fortíssimos de porra quentinha, não resisti e engoli tudo e depois limpei o pau dele.
Com isso nos beijamos mais uma vez e depois nos vestimos e ele me levou pra casa, depois disso marcamos mais alguns encontros na casa dele e na minha.Depois disso eu soube que ele estava namorando uma loira muito gata, realmente tenho que admitir, mas nem por isso paramos de nos ver.
Logo logo contarei os outros dias que tive com ele.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário